terça-feira, 6 de maio de 2014

Roseana apresenta novos coronéis, empossa delegados e entrega viaturas nesta quarta (7), nos Leões

A governadora Roseana Sarney apresentará os novos coronéis da Polícia Militar, nomeará 68 novos delegados da Polícia Civil e entregará o primeiro lote de 395 veículos de um total de 563 que reforçarão os órgãos que compõem o Sistema de Segurança, nesta quarta-feira (7), às 9h, no Palácio dos Leões (Centro). O ato terá presença do secretário de Estado de Segurança Pública, Ricardo Murad.
“O governo promove investimentos constantes na segurança pública e na valorização dos profissionais que trabalham para proteger a todos nós. Um exemplo disso é que os policiais militares, por exemplo, foram beneficiados recentemente com o reajuste das gratificações pelo exercício de função e pela garantia de poder levar para a reserva a remuneração da última patente, mesmo que não tenham ficado cinco anos no último posto. Houve melhoria nas condições de trabalho com a nomeação dos 1.800 soldados que foram aprovados em concurso e já estão reforçando o efetivo da corporação”, ressaltou a governadora Roseana Sarney.
O secretário Ricardo Murad também destacou a importância das medidas. “O objetivo dessas três ações é intensificar e melhorar o desempenho das Polícias Civil e Militar para garantir maior tranquilidade aos maranhenses”, afirmou.
Estarão presentes os adjuntos de Inteligência e Ações Estratégicas, Laércio Costa; e de Articulação e Desenvolvimento Institucional, coronel Antônio Roberto dos Santos; a delegada geral da Polícia Civil, Maria Cristina Resende; os comandantes gerais da Polícia Militar, coronel Zanoni Porto, e do Corpo de Bombeiros, Wanderley Pereira, entre outras autoridades.

Novos coronéis
Na cerimônia, a governadora vai apresentar os 07 oficiais promovidos ao posto de coronel da Polícia Militar do Maranhão (PMMA). O ato tem por base a Medida Provisória (MP) nº 173, de abril de 2014. O objetivo é reforçar o quadro da segurança pública e dar prosseguimento às ações que visam coibir a criminalidade no estado.
Com a medida, o efetivo de coronéis na PM será elevado em 40% e passará de 18 para 25 homens. Foram promovidos os oficiais Carlos Eduardo Abreu Gomes, José de Ribamar Silva Carvalho, Laércio Ozório Bueno, Marco Antônio Alves da Silva, José Frederico Gomes Pereira, Zózimo Paulino da Silva Neto e Raimundo Nonato Santos Sá.
Segundo a MP assinada pela governadora, os sete novos coronéis nomeados ocuparão a nova função por cinco anos, já que houve redução em três anos no tempo de permanência de um coronel no cargo. Os outros 18 coronéis ficarão nos cargos por oito anos.
Ainda de acordo com a MP, os novos coronéis serão designados para trabalhar em diferentes unidades da PMMA, entre elas o Comando de Policiamento da Área Metropolitana 2 (CPAM 2), o Comando de Policiamento da Área Metropolitana 3 (CPAM 3), o Comando de Segurança Comunitária e a Diretoria de Inteligência e Assuntos Estratégicos.

Incremento nas ruas
A medida vai permitir uma oxigenação na tropa, já que possibilita um aumento no número de vagas para a promoção, visando à valorização dos militares, no que diz respeito à ascensão na carreira militar e ao incremento nos vencimentos mensais. Com a implantação dessa proposta, a Polícia Militar deve ampliar o quadro de acesso à promoção, fazendo com que os policiais possam atuar ainda mais motivados, uma vez que eles terão elevação aos postos na hierarquia militar até o final da carreira.
A criação de mais dois comandos de Policiamento Metropolitano (CPM), passando a vigorar o CPMA-1, CPMA-2 e CPMA-3, é resultado de estudo estratégico feito pelo Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), com o objetivo de reorganizar os espaços urbanos de São Luís e dos municípios de São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar, distribuindo os batalhões e unidades da PM por região.
Outro avanço diz respeito à efetivação da Diretoria de Inteligência e Assuntos Estratégicos, que irá resultar no aumento do efetivo de equipes policiais empregados nos trabalhos de inteligência e contra inteligência, visando à obtenção e análise de dados e informações e a pronta-intervenção, prevenindo e coibindo a atuação de criminosos, bem como dando suporte às ações dos batalhões.
Além disso, a partir de agora funcionará o Comando de Segurança Comunitária (CSC), o qual será voltado para a disseminação da filosofia de polícia comunitária, promovendo uma maior aproximação entre polícia e sociedade.

Novos delegados
A governadora Roseana também dará posse aos 68 novos delegados da Polícia Civil aprovados em concurso. O efetivo representa incremento de 75% no número inicial previsto no edital, que era de 40.
Os profissionais serão distribuídos de modo a garantir que as atividades de Polícia Judiciária atendam à população de todas as cidades maranhenses - a distribuição obedecerá ao critério de classificação e ao balanço de ocorrências por município.
“Elaboramos um estudo estratégico de modo suprir a demanda em cidades, hoje, Comarcas que contam com juízes e promotores e que ainda não têm a presença da Polícia Civil. Esse incremento dará mais agilidade nas nossas ações”, destacou a delegada geral Maria Cristina Resende.
Ao todo, o concurso para delegado teve 7.660 mil inscritos. Todas as etapas do processo seletivo foram de responsabilidade da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Atualmente, o Maranhão conta com cerca de 300 delegados.

Novas viaturas
Na solenidade desta quarta (7), a governadora Roseana entregará às forças policiais 241 viaturas, 152 motocicletas e 2 ambulâncias. Serão 131 viaturas modelo Pálio Weekend Adventure para a Polícia Militar, distribuídas entre os batalhões da capital e do interior; 100 Pálio Weekend Adventure para a Polícia Civil - superintendências e para serem empregados nos trabalhos de investigação; e 10 para o Corpo de Bombeiros.
Além disso, os Bombeiros receberão, na ocasião, duas ambulâncias fruto do convênio com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do Ministério da Justiça. Os veículos vêm com a identidade visual-acústica, logomarca, rádio de comunicação, suporte para armas, sirene, giroflex, espaço para contenção de presos, entre outros equipamentos. Já as motocicletas vêm completas, com sirene, bagageiro, capacete, painel digital com giroflex em LED na cor branca, considerado o mais moderno para as polícias do país.
“Temos hoje uma das frotas mais modernas das polícias de todo o Brasil. O governo já entregou às forças de Segurança, em 4 anos, cerca de 1.700 veículos, entre carros, motocicletas, micro-ônibus, vans, guinchos e quadriciclos, além de um helicóptero. Sabemos da capacidade e do excelente nível das nossas corporações, e por isso queremos dotá-las de todas as condições de prestar um serviço ao cidadão”, lembrou o secretário Ricardo Murad.
O investimento total é de R$ 32.204.805,00. O restante da frota será entregue até o fim deste mês, incluindo 67 Renault Duster 4x4, 15 ambulâncias e 10 viaturas Auto-Bomba Tanque, 04 Pick-Up 4x4 e mais 72 veículos Pálio.


SAIBA MAIS

NOVOS COMANDOS
- Comando de Policiamento da Área Metropolitana 2 - Atuará nos municípios de São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar.
- Comando de Policiamento da Área Metropolitana 3 - Englobará os bairros da Área Itaqui-Bacanga e do Distrito Industrial de São Luís.
- Comando de Segurança Comunitária - Responsável pelo planejamento e coordenação dos órgãos e USCs no estado.
- Diretoria de Inteligência e Assuntos Estratégicos - Trabalhará a análise de dados e informações.

PERFIS DOS NOVOS CORONÉIS
Marco Antonio Alves da Silva - Tem 46 anos de idade, sendo 27 dedicados à Polícia Militar. Foi comandante do 4º BPM, sediado em Balsas, e do 3º BPM, sediado em Imperatriz. Até então, chefiava a Agência Central de Inteligência da PMMA. É o comandante do Policiamento Metropolitano desde novembro de 2013.
Raimundo Nonato Santos Sá - É casado, natural de São Luís, Maranhão, nasceu em 31 de agosto de 1966. Iniciou sua carreira militar em 1985, na Marinha do Brasil, como marinheiro, na Base Almirante Ari Parreira, em Natal, Rio Grande do Norte. Aprovado em concurso público para a Polícia Militar do Maranhão em 1986, é Bacharel em Segurança Pública, pela Universidade Estadual do Maranhão. Atualmente comanda o Batalhão de Polícia de Choque.
José Frederico Gomes Pereira - Natural de Juazeiro (BA). Foi fundador do Grupo de Operações Especiais no 3º BPM, sediado em Imperatriz. Comandou o Batalhão de Choque no período de 2002 a 2010. Foi comandante do 9º BPM de 2012 a abril de 2014. Atualmente, é chefe do Estado Maior do Comando de Policiamento Especializado (CPE)
José de Ribamar Silva Carvalho - Tem 49 anos de idade e ingressou na PMMA em 1984. Foi comandante da 4ª Companhia Independente em Chapadinha, do 11º BPM em Timon e chefiou seções do Estado Maior do Comando do Policiamento Metropolitano (CPM), do Estado Maior do Comando do Policiamento do Interior (CPI), Ouvidor Agrário da PMMA. Atualmente atua no Gabinete do comandante-geral da PMMA.
Laércio Ozório Bueno - Natural do Rio Grande do Sul, tem 45 anos de idade e 22 anos de serviços prestados à PMMA, é bacharel em Ciências Contábeis com especialização em Gestão de Segurança Pública. Foi comandante de vários batalhões e atualmente comanda o Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), responsável pela formação dos policiais aprovados no último concurso público.
Carlos Eduardo Abreu Gomes - Tem 54 anos de idade, 35 anos de atuação na Polícia Militar. Foi comandante da Companhia Independente de Choque (1995-1997), da 2º Companhia Independente em Bacabal, ajudante Geral da Polícia Militar por duas vezes, e chefe da 3º seção. Atualmente é comandante de Policiamento de Área do Interior.
Zózimo Paulino da Silva Neto – Natural de São Luís, tem 45 anos, é bacharel em Segurança Pública pela Academia de Polícia Militar de Paudalho (APMP), em Pernambuco. Foi adjunto da 1ª Seção do Estado Maior Geral, comandante da Companhia do Comando Geral e Subcomandante da Academia de Polícia Militar. É assistente do comandante-geral, desde novembro de 2013.

MAIS BENEFÍCIOS
Remuneração
- Em março de 2014, a tabela de vencimentos da Polícia Militar teve aumento linear salarial de 7%.
- O Valor do aumento dos policiais militares estava previsto em acordo firmado com o governo na última greve (ano de 2012).
- A partir de 2015, os vencimentos serão acrescidos em 5,6% já como aplicação do Plano Geral de Cargos e Carreiras do Servidor.

Tempo de promoção diminuído
- Em dezembro de 2009, o Governo assinou o Decreto nº 26.189, reduzindo o interstício dos policiais militares. Com a medida, o tempo de serviço necessário para a promoção e para a estabilidade na função cai pela metade, a exemplo do posto de soldado que era de 10 anos e foi reduzido para 5 anos.
- No caso da promoção da graduação de cabo para 3º Sargento, o período foi reduzido de 6 anos para 3 anos. O mesmo tempo vale de 3º Sargento para 2º Sargento. Já no caso de promoção de 2º Sargento para 1º Sargento e desta função para Sub-tenente a abreviação foi de 4 anos para 2 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.