domingo, 11 de maio de 2014

Sectec e CVT Estaleiro Escola celebram Dia das Mães

Centenas de mães do Alto da Esperança e comunidades vizinhas participaram, na tarde da última sexta-feira (9), da festa realizada pela Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectec) e pelo Centro Vocacional Tecnológico Estaleiro Escola, no sítio Tamancão. O evento, que uniu gerações, contou com programação variada: oficinas de culinária, beleza e estética, além de palestras e apresentações culturais. Um dos destaques da programação foi o grupo artístico Os Desbravadores, formado por crianças e adolescentes que fazem intervenções coreográficas com o uso de luz e sombra.

“Este é um momento muito importante para nós, porque a maternidade é o maior sinal de amor que a humanidade pode experimentar. E estamos aqui para reafirmar, também, o compromisso do Governo do Estado com as politicas públicas destinadas à mulher. Já avançamos muito e continuaremos, incansavelmente, promovendo o desenvolvimento social e econômico, por meio da educação, profissionalização e, consequentemente, iremos potencializar a geração de emprego e renda”, declarou o secretário interino da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Fernando Lima.

A dona-de-casa Maria do Espirito Santo Torres se mostrou animada com o que viu e ouviu e afirmou que momentos de confraternização como este, são importantes para a autoestima feminina. “Minha filha faz aqui o curso de Gestão de Pessoas e quando ela me falou desta festa do dia das mães, fiquei muito animada. Primeiro, porque é uma data muito especial e, depois, porque nos sentimos valorizadas e lembradas pelas pessoas que amamos”, frisou.

O diretor do CVT Estaleiro Escola, Luiz Phelipe Andrès  destacou a função social que a escola tem com a comunidade local. “Sempre que podemos, sobretudo, em datas importantes do calendário, proporcionamos este momento de interação com os moradores da área. É importante as mães frequentarem o local que formam os seus filhos e, para nós, é gratificante mediar este diálogo entre a sociedade e poder público”, destacou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.