segunda-feira, 5 de maio de 2014

SSP inicia mais uma etapa do Curso Nacional de Promotor de Polícia Comunitária em São Luís

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), por meio da Secretaria Adjunta de Desenvolvimento e Articulação Institucional (Sadai) promoveu na manhã desta segunda feira (5), a solenidade de abertura de mais uma etapa do Curso Nacional de Promotor de Polícia Comunitária (CNPPC). A capacitação faz parte do Programa Brasil mais Seguro, da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do Ministério da Justiça (MJ).
A solenidade de abertura aconteceu no auditório da sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP), localizada na Avenida dos Franceses, s/nº, Vila Palmeira, quando estiveram presentes o secretário adjunto de Desenvolvimento e Articulação Institucional, coronel Antônio Roberto dos Santos Silva; a psicóloga do Caps, Lucilene de Castro; o major Waldy Lemos Ribeiro da Silva e os capitães da Sadai, Marcos Silas David Costa, Raimundo Martins Serra e Erick Luís Saraiva Salgado.
Durante o curso os alunos vão contar com a palestra do coronel Osmar da Costa Júnior, da Polícia Militar do Estado do Pará.       
Quarenta profissionais do Sistema Segurança do Estado e do Município, além de lideranças comunitárias estão participando da capacitação, entre eles, policiais civis, militares, bombeiros militares, guardas municipais e conselheiros de segurança dos bairros. O curso terá duração de 40 horas e vai até na sexta feira (09), nos turnos da manhã das 8 às 12h e da tarde das 14 às 18h.
Para o coronel Antônio Roberto, capacitar operadores como promotores de Polícia Comunitária representa um ganho enorme para a sociedade, uma vez que ajuda no desenvolvimento de uma política de aproximação do cidadão com os órgãos do Sistema Segurança.
“É extremamente importante que o profissional da Segurança Pública seja qualificado dentro dos padrões de polícia comunitária, já que implica numa mudança de postura e de atuação em combate a criminalidade e na relação entre o servidor e o cidadão,” explicou o coronel. 
No conteúdo, os alunos terão aulas nas disciplinas de Relações Interpessoais, Polícia Comunitária e Sociedade, Mobilização Social e Estruturação dos Conselhos de Segurança, Gestão para Qualidade na Segurança Pública, Mediação e Demais Meios de Resolução Pacífica de Conflitos e Polícia Comunitária e Direitos Humanos e Troca de Experiência em Polícia Comunitária.

Polícia Comunitária
O promotor de Polícia Comunitária tem o objetivo de fortalecer e estreitar as relações com o público. O policiamento comunitário tem uma estratégia aplicada ao policiamento que vem sendo adotado pelos órgãos de segurança pública em vários estados, com a finalidade de aproximar mais a comunidade desse sistema para traçar medidas paliativas e soluções preventivas para a redução da criminalidade em todo País.
No Maranhão, cerca de 2 mil servidores da segurança pública e do município já foram formados como promotores de Polícia Comunitária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.