sábado, 20 de setembro de 2014

SSP e Transnordestina discutem novas ações de combate a furto de combustíveis

O secretário de Segurança Pública, Marcos Affonso de Moraes, o superintendente adjunto de Polícia Civil do Interior (SPCI), Carlos César Veloso, e o coordenador da Supervisão de Áreas Integradas de Segurança Pública (Saisp Norte), Carlos Damasceno, discutiram, nesta sexta-feira (19), na sede da SSP, com representantes da Ferrovia Transnordestina Logística, questões relativas ao combate a furtos de combustíveis.
Na ocasião, foi discutida a continuação de operações policiais para evitar esse tipo de ação criminosa. “Nós daremos apoio à Ferrovia Transnordestina, pois a atuação de criminosos não prejudica somente a empresa, mas também a natureza, uma vez que, após o furto, os recipientes são descartados em locais não adequados” ressaltou o secretário Marcos Affonso.
Durante a reunião, foi acordada a manutenção de ações preventivas nos trechos das cidades Pirapemas-Cantanhede e a deflagração de operações policiais nos trechos São Luís-Timon para combater furtos de combustíveis nos vagões da Ferrovia Transnordestina.
“Esses crimes serão combatidos em toda região. O policiamento nos trechos foi reforçado e estaremos atentos a qualquer eventualidade” pontuou o superintendente adjunto de Polícia Civil do Interior, Carlos Veloso.

Operação Policial
No dia 26 de agosto, a Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI) deflagrou uma megaoperação nos municípios de Cantanhede e Pirapemas, com o intuito de prender uma quadrilha especializada em furto de combustível.
A ação resultou na prisão de 18 pessoas, que foram autuadas por associação para o crime, furto e receptação, as quais se encontram na Regional de Itapecuru à disposição da Justiça.
Com o apoio da Superintendência de Policia Civil da Capital (SPCC), Departamento de Narcóticos (Denarc), Grupo Tático Aéreo (GTA) e ainda das Regionais de Itapecuru, Chapadinha, Caxias, Viana, Bacabal, Rosário e Timon, a SPCI deu cumprimento a 25 mandados de prisões e de buscas e apreensões em Cantanhede e Pirapemas.
Além das 18 prisões, a ação resultou na apreensão de dois mil litros de combustível; três revólveres calibre 38; cinco espingardas, sendo uma de calibre 12, uma calibre 20 e três bate bucha; seis motocicletas; um veículo Kombi e um Fiat Uno. “O resultado positivo da operação reflete o trabalho competente da polícia de combate à criminalidade no interior do estado”, frisou o superintendente de Polícia Civil do Interior (SPCI), Jair Paiva.  
Com base nas investigações policiais, a quadrilha furtava o combustível de um trem da Companhia Ferroviária do Nordeste – Transnordestina, que seguia com o produto para distribuição em Teresina, cujo trajeto passa pelo centro de Cantanhede. Os suspeitos enchiam os galões e dispersavam pelo caminho, onde outros comparsas faziam o recolhimento e revenda do produto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.