sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Polícia Civil Prende Suspeito de Matar Empresário em Cururupu

Adailton Cordeiro Santos Acusado de assassinar o empresário (Foto: Nilson Figueiredo)

Uma ação conjunta entre a Policia Civil e a Superintendência de Policia Civil do Interior (SPCI) comandado por Dircival Gonçalves, por meio da delegacia de Cururupu, presidida pelo delegado Cesar Ferro, depois de inúmeras investigações, conseguiram prender nesta manhã Adailton Cordeiro Santos, 38, mais conhecido como “Barack”, nas proximidades da curva do noventa, em São Luís, utilizando um veículo de marca Frontier, de cor roxa, o mesmo foi apresentado na SPCI por volta das 16:00.

De acordo com o delegado Cesar Ferro, o acusado confessou o crime, que segundo ele matou o empresário Luís Carlos Vaz Lopes devido uma dívida que tinha com ele já antiga de 3.600 reais, que fora cobrar o debito e nesse momento houve uma alteração por parte da vítima, que o acusado então desferiu-o 4 tiros.

Adailton Cordeiro não tem passagem pela polícia, mais foi identificado que a vítima respondia por crime de comércio ilegal de armas de fogo e contrabando. Vale ressaltar que tanto Adailton Santos como Luís Carlos Vaz são empresários conhecidos da área, tendo parcerias em eventos, ou seja, eram sócios, realizando inclusive festas de grande porte na região.

O delegado de Cururupu Cesar Ferro, ao assumir à delegacia, tendo apoio de toda sua equipe conseguiu mais que dobrar o número de pessoas que deviam à justiça, sendo de 20 para mais de 87 presos, em apenas 8 messes de trabalho, conseguindo disparatar quadrilhas de facções criminosas, prendeu elementos de altíssima periculosidade, reduzindo em mais de 80% o índice de criminalidade na cidade de Cururupu, sendo na sua maioria tráfico de drogas e roubos.

O Superintendente Dircival Gonçalves destacou o belíssimo trabalho feito pelo delegado Cesar Ferro, “É importante destacar o trabalho que vem sendo feito em Cururupu, aquela delegacia irá passar a ser um Centro de Detenção Provisória CDP, até por que está sendo removido os policiais e o delegado para um ambiente digno para se trabalhar, conseguindo atingir com mais eficácia sua gestão”, disse o Superintendente Dircival Gonçalves.  

Lembrando que o Departamento de Investigações sobre Narcóticos (DENARC) teve participação mensurável nesta apreensão, em perseguição coletiva, obtendo nessa ação êxito em conjunto com a Policia Civil.   

Foi lavrado o flagrante, tendo sua prisão comunicada a justiça, que foi homologada e convertida em prisão preventiva, que o preso seguirá para o centro de triagem de pedrinhas, permanecendo à disposição da justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.