quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Polícia Civil em operação no bairro Coroadinho, prende quadrilha envolvida em tráfico de drogas, roubos e homicídios

Foto: Nilson Figueiredo

Em uma operação realizada na tarde da ultima sexta-feira(26), com as equipes de policiais da SPCC,  em conjunto com SEIC, SENARC, SPCI, SECOR  SHPP e participação das seccionais Norte, Leste e Sul, após investigações realizadas pelo Departamento de Combate ao Crime Organizado da SEIC, foi presa no bairro coroadinho, uma organização criminosa responsável pelo tráfico de drogas, roubos, homicídios e porte ilegal de arma de fogo na região, sendo presos em flagrante delito Ricardo Costa da Silva, Vulgo Nando, nascido em 26.03.86, considerado o chefe da organização criminosa e com antecedentes criminais por roubo e tráfico de drogas. Denilson Moraes da Silva, nascido em 23.06.93, Wanderson Rocha, nascido em 26.06.94, Paulo Ricardo Costa da Silva, nascido em 14.06.91 e os adolescentes infratores H.J.S.B, A.M.S.B, K.S.A,  na posse de entorpecentes e material utilizados na comercialização do tráfico de drogas no Polo Coroadinho.
Foto: Nilson Figueiredo

                           
A equipe de reportagem, ASCOM SSP, acompanhou a operação e conversou com o delegado Augusto Barros, que comanda a seccional Leste. O delegado falou que a operação estava sendo realizada, com o objetivo de apreender drogas, armas, tirando de circulação, elementos perigosos, que segundo informações, estariam agindo em diversos pontos na área do bairro do Coroadinho, disse que sete elementos foram presos pelas equipes da SEIC, no início da operação.
         
         
O delegado Augusto Barros disse ainda, que foram feitas várias abordagens e em uma delas foi abordado um elemento que portava uma tornozeleira, que foi identificado, tratando-se de um individuo que foi preso por roubo, e estava em liberdade sob monitoramento através de uma tornozeleira. Após a checagem feita pela polícia, o elemento foi liberado, por ter autorização judicial para circular até ás 22h, em ruas próximas a sua residência.

Dr. Augusto Barros informou ainda, que durante a operação, foram abordas mais  de cinquenta pessoas, e que as incursões foram até ás 23 horas da sexta-feira, com resultados positivos, que operações como estas irão sempre acontecer com objetivo de combater o tráfico de drogas, com apreensões de armas, drogas munições e prisão de elementos que vivem no submundo do crime. A operação contou com a presença de vários delegados e investigadores da Polícia Civil do Maranhão.

Fonte: Ascom / SSP


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.