segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Suspeitos por morte de sargento reformado morrem em confronto

A troca de tiros aconteceu na Cidade Olímpica, por volta das 16h.

Na tarde desta segunda-feira (08) dois suspeitos de participação na morte do sargento reformado Adelson Cascais Cabral, da Polícia Militar do Maranhão, morreram em confronto com policiais militares do Grupo de Serviço Avançado (GSA), do 6º Batalhão da Polícia Militar. A troca de tiros aconteceu na Cidade Olímpica, por volta das 16h.

Suspeitos mortos

Suspeitos que morreram em confronto com o GSA, na cidade Olímpica.

Os criminosos que morreram foram identificados apenas como “Curuvina” e “Mateus”, segundo a Polícia Militar. Durante a abordagem, outro suspeito conseguiu escapar do cerco policial.


O CRIME


O sargento reformado Adelson, que é pai do major Cabral, do Centro Tático Aéreo (CTA), foi morto no início da tarde de sábado (6), quando chegava ao seu sítio, no Residencial Nova Terra – município de São José de Ribamar. A suspeita inicial era de crime de latrocínio (roubo seguido de morte), uma vez que a arma de fogo e outros pertences da vítima foram levados.

Fonte: Jornal Pequeno

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.