terça-feira, 6 de setembro de 2016

2º BBM combate incêndios em residências na madrugada de sábado

incendio bairro da Cohab



Nas primeiras horas do ultimo sábado (03), duas ocorrências de incêndio em residência movimentaram o quartel do 2º Batalhão de Bombeiros Militar (2º BBM), localizado no bairro da Cohab. Os bombeiros receberam o primeiro chamado por volta das 2 horas da manhã, tratava-se de um incêndio estabelecido em residência no bairro Cidade Olímpica, onde a proprietária relatou que alguém havia iniciado o fogo, intencionalmente, com seus dois filhos pequenos dentro da casa.

A guarnição comandada pelo Tenente Everaldo e composta pelo Sargento Cutrim, soldado Rocha, soldado Pedro Henrique e soldado Jayron, se deslocou no Auto Bomba Tanque-17 (ABT-17) para debelar o incêndio. No local, as chamas já estavam altas, todos os cômodos foram atingidos, o acesso foi feito pela porta principal e o combate através de uma linha direta com uma mangueira de 15 metros. Ao final, as crianças foram retiradas com segurança, as chamas foram extintas e o incendiário recolhido pela polícia militar.

A segunda ocorrência, também de fogo em residência, ocorreu no bairro Santa Efigênia. Por volta das 3 horas da manhã, a guarnição do ABT -17 foi acionada para conter as chamas em uma edificação que o pavimento superior era usado como moradia e no térreo funcionava um estabelecimento comercial.

Chegando ao local da ocorrência, os bombeiros contabilizaram a queima de dois quartos, um banheiro, vários equipamentos eletrônicos, além da destruição de 50% de todo o telhado.

Para o tenente Everaldo, essa ocorrência teve um grau de complexidade ainda maior, uma vez que, o acesso ruim, a altura da edificação e a proximidade das chamas com casas vizinhas contribuíram para a maior dificuldade do combate.

 “Armamos uma linha de duas mangueiras de 15 metros e uma de 30 metros, o acesso foi estabelecido pela residência ao lado, destaco a atuação do sargento Cutrim que conseguiu subir no telhado do segundo pavimento da residência ao lado, único local onde era possível visualizar a base das chamas e estabelecer o combate do fogo com maior eficiência”, comentou o comandante da guarnição.

Um dos moradores relatou que havia uma vela acesa em um quarto, e isso poderia ter sido a causa do incêndio, já que o cômodo estava trancado.

O Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) aproveita para fazer um alerta à população sobre o acendimento de velas em residências. “Observamos muitos casos em que proprietários se ausentam de suas casas e até mesmo viajam, deixando velas queimando por vários dias, essa é uma situação extremamente perigosa, pois além do local adequado, a queima de velas deve ser monitorada por alguém que possa intervir em caso de algum princípio de incêndio” declarou o Cap Lisboa, chefe da seção de comunicação do CBMMA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.