sábado, 15 de outubro de 2016

Bombeiros realizam combate a incêndio na Região Leste; Governo monta força-tarefa para dar suporte à população



Os incêndios que se alastram pela área de vegetação na zona rural de Caxias e outros cinco municípios da Região Leste, da ultima terça-feira (11), estão recebendo atenção especial da equipe do Corpo de Bombeiros do Maranhão. 

O fogo, que está atingindo a vegetação baixa e copas das árvores, vem sendo contido por uma equipe de cerca de 70 bombeiros. Além disso, as famílias que perderam bens materiais e tiveram casas e terrenos atingidos pelo incêndio receberão total suporte do Governo do Maranhão.

O Corpo de Bombeiros vem desempenhando um importante papel no combate dos incêndios, por meio do emprego de suas guarnições na zona urbana e rural, para atender as demandas com eficácia na Região Leste.

As guarnições de bombeiros militares trabalharam nesta quinta-feira (13) para extinguir focos ativos de incêndio florestal próximo aos povoados da zona rural de Caxias, Duque Bacelar, Matões, Parnarama, Governador Luiz Rocha e Gonçalves Dias.

O fogo já destruiu mais de 30 casas e outras construções, conforme levantamento preliminar, o que forçou a saída de alguns moradores de suas residências e retirada de móveis e utensílios domésticos do interior das mesmas.

Como medidas de intervenção, as guarnições de bombeiros realizam ataque direto as chamas com o uso de equipamentos e materiais de combate, focado com o uso de duas viaturas Auto Bomba Taque e a construção de aceiros de segurança objetivando impedir o avanço das chamas.

De acordo com o Comandante Geral do CBMMA, Coronel Célio Roberto, as atividades de controle, combate e monitoramento das áreas de influência das queimadas devem ser exercidas permanentemente até a total extinção do fogo, de modo a prevenir e minimizar os impactos ambientais e sociais. “Nesta sexta-feira (14) nós deslocamos para Caxias um total de 37 bombeiros e mais 4 quatro viaturas vindos da capital, para incorporação e reforço das equipes já existentes”, informou.

União de esforços

Por ordem do governador Flávio Dino, uma força-tarefa composta por equipes das Secretárias de Desenvolvimento Social (Sedes) e de Agricultura Familiar (SAF), além da Agência de Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão – Agerp, está trabalhando para dar suporte às pessoas que tiveram casas e terrenos atingidos pelo fogo.

O presidente da Agerp, Júlio César Mendonça, explicou que, em curto prazo, o Governo do Estado trabalhará “no apoio a mobilização da sociedade local e regional para suporte as comunidades atingidas, na mobilização para restruturação das comunidades, na orientação e formação sobre queimadas e incêndios, como evitar, como prevenir e na orientação sobre aceiramento e uso adequado do fogo no preparo de área para agricultura”.

O secretário da Sedes, Neto Evangelista, comunicou que o Governo do Estado está providenciando uma série de ações de apoio à população dos povoados atingidos pelos incêndios, como a equipe do Viva que foi acionada para deslocamento até as cidades afetadas para emissão de novos documentos. “Além disso, vamos dar total suporte às pessoas que tiveram suas casas atingidas pelo fogo, abrigando-as e doando cestas básicas e materiais de higiene, além de equipes médicas”, reiterou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.