quinta-feira, 10 de novembro de 2016

SSP apresenta em coletiva 8 suspeitos de ações criminosas no Coroadinho

Foto: Nilson Figueiredo

A Secretaria de Segurança Pública apresentou, na manhã desta quarta-feira (09), por volta das 11hs, no auditório Leofredo Ramos, 08 suspeitos presos na região do bairro do Coroadinho.  Após ação da Polícia Civil e da Polícia Militar, eles foram identificados como partícipes de uma facção criminosa que estava se preparando para executar membros de uma facção rival. E estão envolvidos ainda com homicídios, roubos e  tráfico de drogas. Com a quadrilha foram apreendidos entorpecentes, um colete balístico, dinheiro e apetrechos usados no tráfico.

A Polícia Civil agiu em operação que envolveu a Seic e o serviço de inteligência da Polícia Militar, que adveio de investigações anteriores realizadas há cerca de duas semanas. Nesta quarta-feira a operação desencadeada pelas polícias resultou na prisão de 08 homens identificados por Wildson Fernandes dos Santos Serra (Potrinho), 19 anos, Denilson Sousa Costa (Joabe), 30 anos, André Luís Gonçalves de Albuquerque, 26 anos, José Maria Santos Silva,  22 anos, Jardesson Gonçalves dos Santos, 22 anos, Maykon Barros da Silva, 18 anos, Dancarlos Costa da Silva, 25 anos e Genival Barros da Silva, 19 anos.

Na operação da Seic e da PM, foram apreendidos com os suspeitos, um colete balístico, balaclava, maconha, cocaína, crack e apetrechos usados no uso de entorpecentes. Durante a coletiva, o superintendente da Seic Thiago Portela ponderou que “Alguns deles estão sendo autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, roubo, associação criminosa e homicídio, sendo que todos têm antecedentes criminais. Conforme investigações, eles estavam se armando para um enfrentamento contra outra facção criminosa. Mas foram presos antes de agirem, na manhã desta quarta-feira”.

O secretário de Segurança Pública Jefferson Portela disse que “A liberdade desse grupo, que são reincidentes, mostra o perigo social que representam. Os criminosos querem, com ações de terrorismo, gerar um sentimento de intimidação, para poderem cometer crimes.

Parabenizo tanto a Polícia Civil como a Militar por esta ação, com as prisões. Quero finalizar lamentando a morte do nosso sargento, morto ontem covardemente por um bando que também tem envolvimento na morte do sargento Baldêz,  vitimado em setembro. 

O bando que vitimou o policial Coelho já está completamente identificado, sendo que um deles já foi recolhido. Os outros serão presos em questão de horas e iremos busca-los onde estiverem e irão responder pelo que fizeram ao nosso irmão policial. A ordem é a captura dos mesmos pela ação criminosa”, finalizou o secretário de Segurança pública.

Apreensão de suspeito na morte do policial Baldêz

O Delegado Geral Lawrence Melo, presente também na coletiva, ressaltou que “Houve uma caça, uma busca aos criminosos que de forma covarde ceifaram a vida do nosso irmão, o policial Baldêz. É mais um colega que perde a vida nessa luta árdua, nessa batalha diária contra o crime.
 Foram identificados os suspeitos e apreendido o veículo usado na ação criminosa. No decorrer da tarde de ontem foi apreendido pelo Batalhão Tiradentes um adolescente já encaminhado para a Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP). 
Ele acabou confessando e revelando o crime. Admitiu que estava no veículo e na ação que vitimou o policial. O adolescente indicou os nomes das pessoas envolvidas no crime que vitimou o policial Baldêz. As armas usadas seriam uma pistola e um revólver calibre 38. A Polícia Civil e a Polícia Militar estão empenhadas em capturar os outros envolvidos e identificar as armas usadas no crime”, concluiu o Delegado Geral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.