sexta-feira, 17 de março de 2017

Dupla é presa por tráfico de drogas interestadual na Capital


A Polícia Civil por meio da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (SENARC), logrou êxito na prisão dos nacionais Almir Isidio Sérgio e José Mario Marques Monteiro Junior (28), mais conhecido como “Junior Calango”, por tráfico de drogas interestadual, na tarde desta quinta
feira (16).

Segundo o superintendente, Carlos Alessandro, foram três meses de investigações para identificar onde residia Junior Calango, pois não tinha endereço fixo e vivia trocando de lugar afim de não ser encontrado. Após mapeamento de toda a capital maranhense de possíveis lugares aonde encontra-lo foi obtido informações de que jazia no bairro da Cohatrac, onde foi preso em um carro Gol, de cor cinza com cerca de 500g de cocaína.

Junior Calango é conhecido por ser de altíssima periculosidade e ainda uns dos chefes de uma facção criminosa em São luís, em seu desfavor consta dois mandados de prisão em aberto e estava foragido da justiça. Além disso já teria sido preso anteriormente por homicídio, tráfico de drogas e roubo a banco.

Segundo averiguações por intercessão do mapeamento, agentes da SENARC montaram uma campana na rodovia BR 135, de modo a prender Almir Isidio. Logo na interceptação foi constatado que transportava cerca de 10kg de pasta base de cocaína, escondidas em compartimentos do veículo de modelo Classic, cor preta, em Entroncamento no município de Itapecuru-Mirim. Almir é oriundo do estado de Mato Grosso, e estava levando para Junior esse entorpecente, que assumiu ser o proprietário. Vale ressaltar que a cocaína apreendida está avaliada em mais de 300 mil reais.


O Chefe de Departamento de Combate ao Narcotráfico, Waldenor Viegas, relatou o trabalho incessante da equipe em lograr êxito na prisão de Junior Calango, por ser um dos principais distribuidores de drogas na capital maranhense, mais precisamente nos bairros da Cohab, Cohatrac e adjacentes.  

A política de Segurança Pública no combate ao tráfico de drogas desenvolvida pelo governo do estado, notadamente nesses dois últimos anos da atual gestão do governador Flavio Dino tem cobrado ações nessa esfera e, a SSP através do secretário, Jefferson Portela tem demonstrado que esse crime no estado é prioridade, pois se tem ciência de que essa espécie criminosa tem relação direta com muitos outros crimes que incomodam a sociedade maranhense, a citar homicídios e roubos.

O Delegado Geral de Polícia Civil, Lawrence Melo frisou os trabalhos desenvolvidos pela polícia maranhense; “A Polícia Civil tem desenvolvido intensas investigações no combate ao tráfico de drogas no estado. Nesse sentido destaco que a principal conquista dessa instituição começou a ter maior efetividade na identificação, prisão e apreensão de drogas relacionadas aos grandes traficantes, financiadores dessa modalidade criminosa que abastecem a ilha, tirando quadrilhas de circulação e detentores do poderio financeiro”, relatou.















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.