quinta-feira, 20 de abril de 2017

Mandados de prisão preventiva de Fortaleza e Governador Nunes Freira é cumprido pela Polícia Civil de Santa Inês

A Polícia Civil por meio da Delegacia Especial da Mulher de Santa Inês, logrou êxito no cumprimento de mandado de prisão preventiva na última terça-feira (18), em desfavor de Francisco Robson Ferreira da Silva (21), natural de Maranguape no Ceará, pelo crime de roubo majorado aplicado em Fortaleza.

De acordo com a delegada Joselma Márcia Sousa, a Polícia Militar em diligências pela cidade apreendeu Francisco sob suspeita de furtar um aparelho celular em um dormitório no terminal rodoviário de Santa Inês. Com ele não foi encontrado o telefone, e para concluso do fato a Polícia Civil fez pesquisa de praxe no sistema INFOSEG, onde foi constatado um mandado de prisão em aberto expedido desde o dia 15 de julho de 2016, originário da comarca de Fortaleza.

De posse desse elemento foi retirada certidão no sistema do Banco Nacional de Mandados de Prisão (BNMP), do CNJ. E o Poder Judiciário local comunicado, de logo o homem foi encaminhado para a UPR de Santa Inês. Francisco Ferreira está à disposição da Justiça para as medidas de praxe.

Mais Prisão

Posteriormente ainda em atividades pelo município de Santa Inês na tarde desta quarta-feira (19), a delegada Joselma Márcia Sousa exerceu mais um mandado de prisão preventiva em descrédito de Antônio Dário de Souza (54), o “Baixinho” ou “Peixeiro”, natural de Fortaleza, pelos crimes de atentado violento ao pudor realizado no município de Governador de Nunes Freire.


Tramita na referida delegacia um inquérito policial para esclarecer um crime de estupro de vulnerável. Baixinho é suspeito da prática desse crime, sendo assim foi solicitado seu comparecimento até o distrito policial, para apresentação de seus documentos e qualificação de interrogatório na mencionada inquirição.

Consta que no ato de verificação dos documentos no sistema SIGO foi constatado um mandado de prisão preventiva expedido pela comarca de Governador Nunes Freire em aberto desde o dia 16 de abril do ano de 2009.

Após contato com a referida comarca, confirmou-se que o mandado de prisão esta em vigor. Antônio Dário está agora à disposição da justiça daquela jurisdição. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.