terça-feira, 2 de maio de 2017

POLÍCIA CIVIL E MILITAR REALIZA OPERAÇÃO NA CIDADE OLÍMPICA

Foto: Nilson Figueiredo

As Polícias Civil e Militar desencadearam uma operação na manhã desta sexta-feira (28), por volta das 6hs, onde foram cumpridos 15 Mandados de Busca e Operação no Bairro da Cidade Olímpica. A Operação Leste sem Trégua, visa ainda, no sentido de combater o tráfico de entorpecentes na região. Nesta ação participaram cerca de 150 policiais, onde foram conduzidos suspeitos e apreendidos celulares e uma balança de precisão.
Foto: Nilson Figueiredo
A megaoperação realizada no Bairro da Cidade Olímpica e Vila Nestor, que contou com ações de combate ao tráfico de entorpecentes, com a participação 150 policiais trabalhando de forma integrada, entre eles, 85 policiais militares, 50 policiais civis e 15 delegados de polícia. Durante as incursões, cumpriu-se os 15 Mandados de Buscas e apreensão. Após as revistas nas residências foram encontrados aparelhos celulares, uma balança de precisão e outros apetrechos usados para o preparo dos entorpecentes; bem como foi feita a condução de três suspeitos para serem ouvidos nos autos de inquérito policial em trânsito.
Foto: Nilson Figueiredo
O delegado da Seccional Leste, José Henrique Mesquita, que participou da Operação sem Trégua, ressaltou que “A Polícia Civil em conjunto com a Polícia Militar, com a participação do CPAM 2, 6º BPM, o 8º BPM e ainda o 13º BPM realizaram a segunda etapa da Operação Leste sem Trégua. A operação foi realizada na região da Cidade Olímpica, onde foram cumpridos 15 mandados de buscas e apreensões, em residências de pessoas supostamente ligadas ao tráfico ilícito de drogas e outros crimes relacionados. Entre eles, os roubos, homicídios, e partícipes de organização criminosa, etc.”, considerou o delegado.
Crimes pelo porte ilegal de arma de fogo
Posteriormente às ações da polícia no bairro, os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia da Cidade Olímpica, no sentido de serem ouvidos pelos delegados responsáveis pela operação. Um dos acusados fora identificado pela polícia, onde contra ele, havia dois crimes pelo porte ilegal de arma de fogo. O suspeito ainda está sendo investigado. Em outra residência, a polícia encontrou material característicos com o usado no tráfico de entorpecentes.
Além da seccional Leste, coordenado pelo delegado Henrique Mesquita, integraram ainda a operação, os delegados da seccional Oeste, coordenado pelo delegado Pedro Adriano Silva; da Seccional Sul, coordenado pelo delegado Paulo Artur; da seccional Norte, coordenado pelo delegado Carlos Damasceno e ainda as superintendências da SPCC, SPCI, a SEIC, SENARC, SECCOR, SHPP, Diretoria de Inteligência e Assuntos Estratégicos (DIAE) e ainda pelo Centro Tático Aéreo (CTA), com apoio terrestre e Aéreo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.