sexta-feira, 14 de julho de 2017

“ Bandido que mata, deve ficar preso” disse Jefferson Portela sobre operação que cumpriu 13 mandados de Prisão na Cidade Olímpica

Foto: Nilson Figueiredo

Na tarde desta quinta-feira (13) a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, realizou uma coletiva para fornecer detalhes de uma operação integrada entre a Polícia Civil e Militar executada região leste de São Luís, que abrange os bairros da Cidade Olímpica e Jardim Tropical, onde foram cumpridos 13 Mandados de Prisão, além de flagrantes, contra homicidas, latrocidas, traficantes e assaltantes da região considerada uma das mais populosas da capital.
Foto: Nilson Figueiredo

A ação foi explanada pelo secretário de segurança , Jefferson Portela , o delegado geral , Lawrence Melo , o subcomandante geral da Polícia Militar , Jorge Luongo , o superintendente adjunto da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC) ,Rodson Almeida , o delegado titular do 18º DP da Cidade Olímpica , Gil Gonçalves , o coordenador  da seccional leste , delegado  Henrique Mesquita , o comandante do 6º BPM , major Marcelo e do recém nomeado comandante do Comando de Policiamento de Área Metropolitana (CPAM II) coronel Aritanã.
Foto: Nilson Figueiredo

Dando início aos pronunciamentos, o secretário Jefferson Portela destacou o trabalho integrado das forças de segurança pública do estado e que ações similares, serão executadas em outros bairros da região metropolitana de São Luís. Portela ainda frisou a importância de tirar de circulação tais criminosos. “ Bandido que mata, deve ficar preso, esses homens nas ruas geram mortes e tragédias sociais” destacou o secretário.  
Foto: Nilson Figueiredo

As prisões são resultados de três dias de operações, que visavam tirar de circulação criminosos de alta periculosidade, suspeitos de cometerem vários delitos na área. Segundo o delegado geral, Lawrence melo, como fruto dessa operação, 5 homicídios foram elucidados na Cidade Olímpica e circunvizinhança. Ainda de acordo com delegado, a Superintendência Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (SHPP) deve auxiliar nas ações de combate a essa modalidade criminosa.
Foto: Nilson Figueiredo

O subcomandante geral da Polícia Militar, Jorge Luongo disse que os trabalhos devem continuar na área com apoio do Comando de Policiamento Especial (CPE), tropas do Choque, Rotam, 6ªBPM e do Centro Tático Aéreo (CTA) almejando alcançar a meta de paz e segurança para a comunidade. “ A ordem é patrulhar, abordar e prender possíveis suspeitos” destacou Luongo.

Na operação foram presos Ronilson Lemos Silva (Pingo), Leonardo Costa Filho (Léo Fuga), Antônio Victor Souza Campelo (Veron), Talyson Costa Freire, Leandro Rodrigues dos Santos, Victor Hugo dos Santos Silva, Jodevaldo Rodrigues Silva, Soelin Figueiredo Costa, Wenderson Menezes Garcia, Wellington dos Santos Lopes, José Alberth Silva Santos e Georgiton Augusto Vieira Serra. Além disso, foram apreendidos 26 tabletes de maconha, 4 motocicletas e 1(um) veículo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.