segunda-feira, 3 de julho de 2017

Com membros e autoridades, deputado Cabo Campos celebra 25 anos da IBA

A Igreja Batista do Angelim (IBA) comemorou 25 anos de fundação no dia 21 deste mês. Nessa quarta-feira (28), a congregação foi homenageada pela Câmara de Vereadores de São Luís junto à Igreja Batista Nacional da Palavra, que completou 16 anos. Os templos cristãos foram condecorados com placas comemorativas durante sessão solene na sede do Poder Legislativo Municipal, no Centro Histórico da capital. O requerimento de número 559/2017, que está datado em sete de junho e prevê as homenagens, é de autoria do vereador Ricardo Diniz (PC do B).

Representando a Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão (ALEMA), o deputado Cabo Campos (DEM) saudou membros das igrejas e autoridades presentes na solenidade em nome do presidente da Casa do Povo do Maranhão, deputado Humberto Coutinho (PDT), e do presidente interino, deputado Othelino Neto (PC do B). “Senhoras e senhores, nós estamos trazendo aqui saudações do nosso presidente, deputado Humberto Coutinho, e também do nosso presidente interino, deputado Othelino Neto. 

Inclusive, gostaria que os membros das igrejas mantivessem as orações em nome do deputado Humberto Coutinho, que enfrentou uma batalha difícil de saúde recentemente”, pediu Campos. “Graças às orações dos senhores, o nosso presidente está se recuperando”, enfatizou.

Na ocasião, o parlamentar aproveitou para anunciar a entrega, em breve, da maior comenda do Legislativo Estadual ao Pastor Joaquim Neto, líder e fundador da IBA. “Quero dizer a todos que, muito em breve, estaremos dando ao nosso Pastor Joaquim a maior comenda do Poder Legislativo Estadual, que é a medalha Manuel Beckman, como forma de reconhecimento pelos excelentes serviços prestados à sociedade, por meio da difusão do evangelho”, revelou.

Durante o seu discurso, o pastor Joaquim Neto expressou a gratidão pelas homenagens recebidas e as que ainda virão em face da contribuição da IBA para a sociedade maranhense. “Me sinto muito honrado em ser um Pastor e extremamente privilegiado de estar envolvido com a obra que eu considero a mais nobre de todas e a única que diz respeito a eternidade. 

Então, quero agradecê-los por essa honraria que eu recebo com muito humildade. Pedir a Deus que dê sabedoria a todos, mais oportunidades, para que vocês sejam vozes em defesa do evangelho, da família, dos bons princípios e dos valores que ordenam uma sociedade. Estaremos orando pela vida de cada um dos nossos parlamentares e pedindo ainda que Deus derrame graças sobre vocês”, declarou.

Ao fim da sessão, Campos deu seu testemunho a respeito do valor da convivência em Cristo propiciada pela IBA, ressaltando os bons frutos que a experiência tem gerado não só na sua vida pessoal, com a edificação da família, mas também na política, através dos ensinamentos de amor ao próximo deixados por Deus. Doutrinas que alicerçam a luta pelo estabelecimento de uma sociedade justa e inclusiva para os menos favorecidos pela conjuntura histórica, segundo o parlamentar.”Pastor Joaquim e pastora Margareth, eu fui salvo por Jesus. Eu e minha família expressamos aqui o nosso sentimento de gratidão a Ele.

 A Igreja que Deus colocou para que eu pudesse congregar foi a Igreja Batista do Angelim, bairro onde tenho orgulho de residir com a minha família. Foi a primeira Igreja onde coloquei os pés e estou nela até hoje. E essa convivência, pastor, só tem gerado bons frutos. 

Iniciamos viagens missionárias, levando a palavra de Deus a comunidades indígenas e quilombolas, por exemplo. Além do suporte espiritual, procuro colocar em prática os ensinamentos de amor ao próximo deixados por Ele, defendendo a implantação de políticas públicas que garantam a dignidade humana a essas pessoas que contribuíram e ainda contribuem de forma tão expressiva para a história do nosso país, mas ainda sofrem tanto com o preconceito e ausência de assistência”, finalizou emocionado o deputado, membro da IBA há 18 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.