quinta-feira, 3 de agosto de 2017

POLÍCIA CIVIL DO MARANHÃO PARTICIPA DE OPERAÇÃO PARA DESARTICULAR QUADRILHA QUE FACILITAVA FUGA EM PRESÍDIOS DO PIAUÍ


A Polícia Civil do Maranhão, por meio da 18ª Delegacia Regional da cidade de Timon, participou na manhã desta quinta-feira (3) de uma operação batizada de “ Conexão” que desarticulou uma organização criminosa acusada de facilitar fugas e a entrada de aparelhos celulares em presídios do estado do Piauí. A ação resultou na prisão seis pessoas em Teresina e Timon, além de 7 mandados de busca e apreensão e 4 conduções coercitiva.
A Operação foi coordenada pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) do Piauí, com a participação ativa de homens da Polícia Civil de Timon. Os trabalhos foram realizados em duas etapas, sendo uma focada em cumprir mandados de prisão contra servidores e um Policial Militar do Piauí e a outra teve a missão de cumprir os mandados de busca e apreensão.
Há cerca de 5 meses, a Polícia Civil piauiense vinha investigando a quadrilha, logo após uma fuga de quatro detentos suspeitos de estarem ligados ao crime de assalto a bancos, em março deste ano. A Operação Conexão é fruto do trabalho dos setores de inteligência da Secretarias de Segurança e de Justiça do Estado.
O policial militar e sua esposa foram presos na Operação Conexão. Segundo as investigações, policial que trabalhava na Casa de Custódia, teria facilitado a fuga ocorrida em março deste ano. Ainda segundo as autoridades, o policial facilitava entrada de celulares e baterias no presídio, acredita-se que 40 aparelhos entraram na casa de custodia por plantão, e os detentos pagavam para receber esses aparelhos.
Na ação foram presos em Teresina, o Policial Militar Cláudio Rodrigues do Nascimento, Josimar Carvalho da Silva (assaltante e líder da organização), Ismael Ferreira da Silva, Paulo Reis Silva Ribeiro e Israel Alves da Silva. Já no Maranhão a Polícia Civil conseguiu prender Iveneide Ângelo Silva Ribeiro, com ela foram apreendidos vários aparelhos de celulares, baterias e carregadores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.